top of page
  • Foto do escritorEd lopes

O Controle Mental

Atualizado: 26 de out. de 2023



Se você está lendo isso, provavelmente já percebeu que nosso mundo não é o que parece, que as grandes corporações de notícias desempenham um papel importante na formação dessa sociedade disfuncional e que, por trás de toda a pompa e circo de política é uma agenda perversa para controlá-lo.

Esta é a Matrix.

É uma realidade fabricada que explora a psicologia humana para produzir obediência e consentimento em massa, dominando sua alma pela entrada e controle da mente secundária dentro da experiência tridimensional que você participa. Deplorar seu ser interno e obscurece-lo, é o objetivo, através de ações perniciosas que vão sendo sistematicamente injetadas por meio de muita influência maligna, obedecidas pelo consentimento de indivíduos que julgam serem "normais" por um estado de desatenção aprisionado a uma vida totalmente despreocupada. Se você estiver disposto a se envolver em dissonância cognitiva, pode ser um lugar bastante divertido e encantador.

Mas há uma falha na Matrix que você precisa saber.

Você.

Quando você entende o que está acontecendo e quais incursões este sistema usa para invadir sua consciência, então você pode facilmente usar seus próprios truques a seu favor para experimentar uma profunda liberdade interior, soberania da mente e uma presença alegre e poderosa no meio disso. A reviravolta histórica em que estamos.

A chave está em entender como o sistema de controle realmente controla você, e pode não ser o que você pensa.

Considere esta citação…

“A letalidade de seu poder é maior do que nunca. Sua capacidade de impor controle sobre as massas politicamente despertas do mundo está em baixa histórica. Certa vez, o expressei de maneira bastante pungente, e fiquei lisonjeado que o secretário de Relações Exteriores francês repetisse isso da seguinte maneira. Ou seja, em épocas anteriores era mais fácil controlar um milhão de pessoas, literalmente, do que matar fisicamente um milhão de pessoas. Hoje, é infinitamente mais fácil matar um milhão de pessoas do que controlar um milhão de pessoas.” Zbigniew Brzezinski

Você é um peão no tabuleiro de xadrez deles, e embora eles tenham dito isso muito antes do Covid, imagino que teria ficado deliciosamente surpreso ao ver que o poder do governo de impor controle físico e psicológico está em seu auge histórico. Quem precisa matar um milhão de pessoas quando um bilhão de pessoas vai se trancar, se privar de conexão humana, seguir qualquer protocolo de segurança, não importa o quão irracional seja, e se autopoliciar por fazer as atividades mais fundamentalmente humanas, como mostrar seu rosto ou sem restrições de respiração do ar.

Então, como eles fazem isso?

O público está sob a influência do controle mental de muitas formas, e enquanto a maioria das pessoas acredita que são autônomas e estão tomando suas próprias decisões, a sutil influência do controle mental garante que só decidamos de um conjunto de escolhas prescritas, enquanto acreditamos que somos livres.


É uma grande ilusão.

Mas como isso realmente funciona?

Vou manter este artigo simples.

O controle da mente é simplesmente o esforço para influenciar os pensamentos e comportamentos de uma pessoa, para qualquer fim. Em nosso caso hoje, os efeitos mais devastadores do controle mental são bastante sutis e em grande parte invisíveis. Em essência, a soma total de todas as influências manipuladoras em nossa cultura tem o efeito de nos levar a tomar decisões que não atendem a nossos melhores interesses, ao mesmo tempo em que restringe nossa capacidade de visualizar nosso potencial mais alto e de nos auto-realizarmos na medida em que podemos viver nossas melhores e mais poderosas vidas.

Você é sutilmente encorajado a tropeçar de todas as maneiras possíveis, enquanto abertamente desencorajado a se destacar e subir acima do rebanho.

Uma vez que você sabe que isso está acontecendo, e uma vez que você desenvolve a autoconsciência necessária para tomar decisões verdadeiramente independentes que apoiam sua saúde e prosperidade, então você basicamente arrancou a Matrix da sua própria cabeça. E precisamos de mais pessoas que operem fora dessa opressão. Especialmente agora, quando a conformidade cega aos decretos, mandatos, pressão social e medo do governo está fazendo com que as pessoas se comportem de maneira tão irracional, ilógica e desumana.

Uma das capacidades que o Espírito Supremo nos confere, O Espírito Santo inefável que a tudo preenche, que coloca o cosmos em movimento para lhe encontrar na imensidão do abismo tudo para acender o seu poder, que faz unir suas principais faculdades retornadas ao seu ser fluorescente de novo, e fazendo surgir o que na terra praticamente não existe mais, o domínio próprio. Somente e unicamente tendo o Espírito Santo inflamado em si, é que sua mente poderosa exilada volta a ser o que era. A sabedoria então toma o lugar da inteligência, e o desperta, deixando o mundo dos "sonhos" residir dentro do que ele representa na realidade, o nada, porque o sono profundo acabou. É quando as trevas perdem o poder sobre você e a capacidade de controla-lo em toda a sua totalidade literalmente.


As pessoas não estão tomando decisões próprias, diariamente suas mentes nunca se encontram sozinhas. Milhares delas estão muito mau acompanhadas sem saber, esteja certo que é assim que acontece pelo que você não acha, e muitos outros também. Existe um nível absurdo de influência negativa que as alimentam diariamente antes de tomarem qualquer decisão que estejam voltadas para sua vontades aqui. Muitos acham que estão decidindo por si mesmos, que seus pensamentos são livres, e que as ações de cada um, são deles. Depois da "embriagues" eles decidem mais uma vez pelo que vai aparecendo em suas mentes, achando serem pensamentos "exclusivos", e que as ideias são suas. Se realmente fosse, então tenha certeza que o mundo tal qual vemos, não estaria desse jeito. O agente smith faz seu trabalho de possessão parecer muito fácil, e executa o que deveria ter feito com os inconscientes aprisionados. A programação escrava segue automaticamente depois sem que ele esteja presente ou deixe rastros para remorso.

A humanidade vive desse jeito. Um sistema escravo alimentado por uma Matrix que produz isso toda hora.

É a situação da terra, e não haverá outra diferente até que este mundo termine.

O mundo melhor, desejado e dito em palavras pela massa escrava, nunca acontece na prática em nenhuma forma e sentido, é um mundo que não muda, porque a Matrix não deixa. E isso também faz parte do mundo dos "sonhos". "Sonhos" que nunca se tornam reais. Não há nada aqui para aumentar a sua alegria, seja o que for a fim de felicita-lo.

A "felicidade" que os humanos experimentam está presa dentro do mundo de ilusões deles, e que eles desejam viver com todas as suas "forças."

Tudo segue programando-se por eles mesmo e auto se atualizando.

Acho que a melhor maneira de avaliar os efeitos que isso pode causar em você é sentar e fazer um inventário honesto e destemido de sua vida, concentrando-se em seus hábitos e sonhos.

Liste-os.

Escreva-os todos.

Analise-os, pense, medite neles.

O que te serve, e o que não?

Como você seria se estivesse vivendo todo o caminho até o seu potencial?

Nós realmente não temos muito tempo para fazer isso direito. A tecnocracia está batendo na sua porta. A redefinição financeira e a sociedade sem dinheiro estão chegando a nós na velocidade da luz. Estamos no exato momento de um mandato global exigindo que todos os seres humanos injetem produtos farmacêuticos que trazem riscos graves e alteram para sempre seu código genético. A singularidade está quase aqui, o futuro é o transumanismo. É a rebeldia das máquinas surgindo para tomar o seu lugar profanando seu corpo, fazendo com que os escravos assumidos não tenham como se livrar mesmo que tentem.


Este não é um apelo para usar óculos cor de rosa.

De jeito nenhum.

É um apelo para deixar a ferrugem, a poeira, o embotamento, a ingenuidade, a suavidade e a fragilidade tão familiares da zona de conforto. É um chamado à beleza, a beleza da aventura. A beleza de viver entre mundos e ganhar os meios para migrar de um lado para o outro.

A solidão é poderosa porque nos separa da corrida dos ratos e revela a beleza interconectada. Passamos de um rato em uma gaiola a uma criatura encantada por sua conexão com a Natureza como um todo. Deixamos de ser uma pedra de moinho em uma moagem diária para ser uma pedra de amolar contra a qual podemos nos afiar. Deixamos de ser uma engrenagem no mecanismo de um relógio para um despertador que nos desperta para uma consciência mais elevada.

Na solidão, não podemos mais fingir que estamos dormindo.

A maioria dos membros do rebanho nunca prova a solidão. Eles ficam presos na corrida dos ratos, presos em seu condicionamento cultural, presos em doutrinação religiosa ou em lavagem cerebral política. Eles perdem de vista a essência subjacente. Eles sacrificam sua selvageria pela brandura. E quando se trata de que sua vida exige uma pequena mordida, eles descobrem que não têm dentes.

Na biologia da conservação, o termo “rewilding” é o processo de reabilitação de animais em cativeiro. No caso, o animal cativo é humano.

Entenda: rewilding não significa regredir. Não é uma chamada de volta para a caverna. De jeito nenhum. É exatamente o contrário. É o chamado do selvagem que nos ajuda a perceber que a civilização se tornou a moderna Caverna de Platão. O chamado do selvagem é o anseio do coração para se tornar novamente de coração aberto. Rewilding é simplesmente um meio saudável para alcançar esse fim. A renaturalização começa por dentro. Se você se reorganizar de novo e de novo, você pode ganhar o direito de renaturalizar o mundo.

Aprenda a ser nutrido pela solidão ao invés de ser derrotado por ela. A solidão vai te quebrar.

Isso é bom.

Deixe-o.

Você tem que sentir o seu quebrantamento.

Você tem que se apaixonar por isso.

Caso contrário, você só será um tolo de sua esperança e nunca autenticamente esperançoso.

“A vida não tem sentido. Cada um de nós tem um significado e nós o damos vida. É um desperdício fazer a pergunta quando você é a resposta.” Joseph Campbell

A fim de trazer o próprio significado à vida, o indivíduo deve morrer para sua noção preconcebida de que a vida tem sentido. Ou seja, o indivíduo deve ficar sem esperança.


Pode parecer difícil de você entender isso.

Você pode até considerar "fanatismo" por um lado, só que não é. O ser humano essencialmente aposta todas as suas fichas e esperança em coisas apontadas apenas para cá. Todos seguem a mesma linha desde que nascem, "vencer na vida", no entanto para não vencer, a sua esperança disso acontecer não pode existir. Para que você tenha um mundo novo dentro de você, o velho mundo não pode ser mais desejado. Para que o mundo velho morra, sua esperança de tê-lo, precisa morrer junto com ele. É somente morrendo para o mundo que nascemos de novo. É perdendo o mundo que a realidade surge. Toda sua esperança depositada em coisas ilusórias que a Matrix produz, e que vai criando com motivo de encanta-lo, é que segue ajudando a cada instante a prende-lo cada vez mais. Se você quer um alicate para auxilia-lo a partir suas correntes, não sentir esperança, é o único meio de consegui-lo.

Em resposta, Jesus declarou: "Digo a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo". João 3:3

Este é um ensinamento de Jesus Cristo que pode ter muitos significados. Tudo o que ele dizia era como um código para que fosse desdobrado em você em qualquer época. As palavras Dele permanecem para sempre porque elas repousam no infinito.

Para nascer de novo você precisa morrer.

Você precisa desconsiderar a sua vida, a "vida" que te entregaram e que você aprendeu a dar valor, que segue te impulsionando a viver como o não acontecido, já que na terra, nada nunca esteve de acordo com os parâmetros das diretrizes superiores que verdadeiramente promovem a vida. Então se você não morre para o engano, você se torna dependente daqueles que o enganaram e os continua servindo. Este mundo só está dominado porque os seres humanos estão servindo aos "senhores" errados, quando nem sequer sabem que possuem donos. É o que a Matrix faz na mente deles. Os fazem obedecer sem que leiam ou vejam um roteiro que estão seguindo sem entender. Não é por não verem seus "mandantes" que não irão deixar de ter seus proprietários.

Perder toda a esperança é o começo de uma esperança significativa. É a travessia do primeiro limiar. É se render à queda na toca do coelho. É tomar a pílula vermelha depois de abandonar a azul. É abraçar o Deserto do Real ao sair da Caverna de Platão. É “abrir espaço para receber”.

O que se recebe?

Verdade.

Verdade dura.

A dura verdade de que a realidade humana é fundamentalmente sem sentido.

Esta dura verdade é um presente sombrio. É a morte psicológica do velho eu e o nascimento de um novo eu mais capaz. É um renascimento doloroso. É um teste de tempestade, afiação de honra, humor aguçado. A recompensa é uma visão profunda.

"Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, a serem renovados no modo de pensar e a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em santidade provenientes da verdade." Efésios 4:22-24

Esse insight profundo forma um espelho dentro de nós que reflete o mundo como ele é, em vez de como fomos condicionados, doutrinados ou submetidos a lavagem cerebral para vê-lo. A partir desta profunda reflexão nos tornamos uma gota na Teia da Indra, refletindo o todo. Nós fractal para fora. Nós fractal dentro. Nós interconectamos. O tolo da esperança cai na desesperança apenas para ser ressuscitado na Esperança, na providência.

A desesperança é o cadinho no qual o elixir é cozido. A esperança é a integração, contenção e encapsulamento do elixir que a torna mágica.

A esperança propagada pela Matrix faz você querer vencer na vida, te impulsiona a enxergar um mundo de competição, faz você se ver em um ambiente hostil, em uma arena de gladiadores pensando que você é o melhor guerreiro, e que os outros não são destemidos, e que você consegue ser maior do que eles. Faz você ver os outros piores que você, mais inferiores, quando na verdade somos todos iguais. A essência criada em cada um é a mesma.

Você é capaz, você pode "vencer."

Não seja um "derrotado."

"Vença" na vida.

Estes são pequenos exemplos das citações, incitando-o sempre a querer ser melhor do que os outros, ao invés de apoia-los a subirem a mesma escada que a sua, a fim de possuírem aquilo que seja bom juntos. É a lei da separação e da desigualdade. É te induzir mentalmente a entrar no mundo animal onde só os mais fortes sobrevivem e que podem vencer. É te preparar a vida inteira pra isso. E se você não chegar lá, então você não serve. É se preparar para ser excluído e ser jogado em uma vala, dando boas vindas ao mundo dos desabrigados. Sua falta de sorte ou incapacidade lhe fez cair de barriga direto no clube dos derrotados. O mundo sempre te descartará se você não conseguir "vencer". O mundo apenas quer os "vencedores" que ele pode amar. Ele te trai quando no começo o apoiava falsamente. Em detrimento dos mais fracos a Matrix vai induzindo-o a pisar nos outros para subir, sem fazer com que essa caminhada lhe traga sentimentos de dor, de arrependimento, exatamente naquele que você estava maltratando. Até trapacear a Matrix o "aconselha" quando necessário, tudo para que seus sonhos não fiquem perdidos. A prioridade é alcançar seus objetivos. É assim que surge a corrupção em qualquer escala de nível social. Os sonhos humanos estão apenas voltados para tudo o que há na terra. Os menos capazes, aqueles que não "chegaram lá", a Matrix qualifica-os como "coitados" que não estão no mesmo nível de "inteligência" dos "melhores", os fazendo realmente acreditar, que os outros não são como você. Qualquer outra pessoa dentro dessa arena precisa ser esquecida para que você continue seguindo o seu rumo, e viver a sua jornada de "sucesso" dentro de um mundo que não existe mais.


O que você precisa, como a uma borra pegajosa, é retirar com força isso de você.

É a oportunidade de sua esperança perder os seus sonhos para trazer a tona o seu mundo verdadeiro.

A dor atinge o coração da condição humana e nos arrasta para níveis elevados de experiência.

É doloroso se expor.

É doloroso ser vulnerável, mas as pessoas que fazem isso são os sonhadores, os inovadores e os criadores do elixir mágico. Eles trazem segredos suados de volta para a tribo como um presente de amor duro. Eles optam por se tornar a medicina, que só poderia ser descoberta enquanto estiver no profundo processo de permitir que a jornada seja desesperança. Então eles trazem esse remédio poderoso de volta para a tribo na forma de esperança.

O elixir mágico é uma quadratura do círculo. Onde o círculo é a interconexão infinita entre todas as coisas (Deus) e o quadrado é o elixir mágico (o significado que o contém) que trazemos de volta ao mundo. Aqueles que carregam o elixir mágico têm acesso à encruzilhada entre a Natureza e a alma humana. Eles podem preencher a lacuna entre o sagrado e o banal. Está na ponte de volta à tribo onde eles reembalam e recodificam sua sabedoria.

Eles aprenderam como comprimir o Infinito em uma forma limitada. Eles o encaixam em uma moldura, um livro, uma pintura, uma poção ou até uma pílula vermelha. Eles o trazem de volta para a tribo ou o deixam na trilha para que outros o descubram. Torna-se lendário, mitológico, algo que as pessoas comuns podem se embebedar e ter acesso a experiências extraordinárias.

Esta reciprocidade previdente não termina.

Aqueles que uma vez ousaram a solidão devem ousar novamente. Eles estão muito ocupados conectando o finito com o infinito, dançando entre mundos e preenchendo lacunas com recalibrações místicas e mitos reaprendidos para serem dominados pela tribo.

Eles devem inverter scripts.

Eles devem virar a mesa.

Eles devem continuar redescobrindo a solidão e retornando com elixir mágico atualizado que continuará sobrecarregando a tribo.

O grande problema infelizmente, é que você está ficando sem tempo para se libertar da Matrix.

Se você deseja manter sua humanidade, então você deve agir agora para recuperar sua mente, corpo e alma. Pegar o insight e examinar como tudo isso o impede de embarcar seriamente em uma jornada real de autodomínio e ainda mais poderoso.

Porque você é poderoso quando está livre.

Muito mais do que você pode imaginar.




193 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page